Blusa Masculina Aberta Manga Raglan

Fiz esta blusa depois de desfazer uma outra (que não tinha ficado do jeito que eu queria!). Usei a mesma lã e ficou muito bom.
Fazia tempo que meu marido queria uma blusa aberta com manga raglan. Eu nunca tinha feito raglan na minha vida. Achava que seria muito difícil e nunca tentava, mas pra agradar meu maridão, pus mãos a obra!! Pesquisei um monte e acabei fazendo uma mistura dos aprendizados e desenvolvi um estilo. O resultado foi este.
Fiz esta blusa, praticamente sem costura nenhuma, usando os seguintes materiais:
lã: PARATAPETE amarela e azul. (não lembro as quantidades, mas esta lã é supergrossa e vai bastante)
agulha circular: 7
botões: 8

Receita:
Corpo (1ª parte)
Montei 175 pontos  e coloquei marcadores (lacinho de lã de cor diferente) para separar as partes da frente e das costas, da seguinte forma: 45 p frente esq, marcador, 85p costas, marcador, 45p frente dir.

10 carreiras de ponto barra 1x, sendo que os 5 primeiros e últimos pontos fiz cordões de tricô para acabamento dos botões. Na terceira carreira dessas 10 inicias fiz a casa para o primeiro botão (1 laç,2juntos em tricô). Na sequencia, conforme for subindo a blusa as casas dos botões ficaram separados a cada 17carr. Sugiro ter um papelzinho para ir marcando e não se perder.

Na 11ª carr comecei o desenho, tijolinho (5t, 5m e inverte a cada 5carreiras), bem simples e rápido de fazer.

Na 80ª carreira a partir do início do desenho, eu deixei os pontos a espera numa agulha auxiliar e iniciei as mangas separadamente.



Mangas
Coloquei 34 p na agula circular e fiz 10 carr de barra 1x1. Iniciei o ponto tijolinho com 2t, *5m, 5t*, terminando com 2m, repetindo de *a*. Aumentei 1 ponto no início e 1 ponto no final a cada 5 voltas.
Na 110ª volta eu passei os pontos para ag. auxiliar e fiz a outra manga igual.
Cuidado na hora dos aumentos. Fazê-los de forma a manter o desenho dos tijolinhos.

Corpo (2ª parte)
Este foi um momento muito "tenso"... Hora de juntar tudo!! Neste ponto do trabalho já estava com boa parte do corpo da blusa pronto e as mangas também. A medida que eu usei foi, desde a axila até a cintura do meu marido, para o corpo e para as mangas, da axila até o punho.
No momento da união de tudo, também iniciei a gola e é o ponto do início da manga raglan.

1ª carr.: faz os 5 pontos da barra dos botões e comecei a entrar pra fazer o decote com gola, entãofiz mais um ponto em trico, diminuindo assim, 1 ponto do desenho da blusa. Cuidado para continuar contando as 17 carr. de forma a não ficar diferente o espaçamento entre os botões. Continuei o desenho dos tijolinhos e, nos 10p entre a frente e as costas, emendei o centro da manga (pelo lado de baixo) usando a costura grafting. (OBS.: NO CENTRO DESSES 10 PONTOS PUS UM MARCADOR PARA INDICAR O CENTRO DA CAVA - FIZ ISSO NAS DUAS MANGAS) Coloquei o restante dos pontos da manga na agulha, tomando cuidado para pegar todos os pontos, já seguindo o desenho, na sequencia fiz a parte de trás da blusa e emendei a segunda manga da mesma forma da primeira, por fim, fiz a outra parte da frente, tomando o cuidado de diminuir um ponto do desenho e aumentar um ponto de cordão de tricô para a gola. Esta carreira ficou do lado direito da blusa. Os aumentos e diminuições do decote foram feitos a cada 2 carr sempre do lado direito.


2ª carr: nesta carreira, segui acompanhando os pontos da carreira anterior.

3ª carr.  nesta carreira inicia a cava. Comecei aumentando a gola para 7 cordões de tricô, reduzindo dos tijolinhos, quando chegou a 2 pontos do marcador da cava, fiz a primeira redução (2 pontos juntos em meia), passei o marcador e um arremate simples (dois juntos em meia pegos torcidos). continuei as costas e fiz a mesma coisa na outra cava. E para terminar a outra frente cuidei para aumentar 1 ponto na barra, terminando em 7 tricô.

Deste ponto em diante fiz mais 25cm, no meu caso, o equivalente a 55 carr, sempre fazendo os aumentos do decote e as reduções das mangas no lado direito do trabalho enquanto, do lado avesso apenas repetia e seguia o ponto. Cuidado para não se perder nos tijolinhos. É muita coisa para cuidar, mas se eu que sou bem perdidinha consegui, qualquer um consegue!!

A gola de cima fiz quando meu querido maridão vestiu a blusa e ela ficou certinha no pescoço, então fiz mais umas 20 carr em cordões de tricô, sempre matando um ponto de cada lado a cada 2 carr, para arredondar a gola e arrematei.

Parece difícil, mas é muito fácil. Boa sorte!!


Postagens mais visitadas deste blog

Adaptação da Pantufa da Yuko Nakamura

Gorro em Gomos Transversais

CC Beanie com Gorro Fácil Colors