Meia Helena - Infantil

Olá!

Então, depois de entregar a meia anterior para a minha cisco kid dona Helena, ela disse que estava pegando no "carcanhá", sim, desse jeito. No alto dos seus quatro anos, saiu com essa:

"Tia, a meia é muito linda mas está pegando no meu carcanhá!"

Quase morri de rir, claro! Minha irmã só olhou pra ela, com cara de não acredito que ouvi isso!!

Enfim, a verdade é que ela queria uma meia mais comprida, pra cima do joelho.

E lá foi a tia Fer pras agulhas de novo.

Não encontrei nada parecido com o que ela me pediu e da forma que ela queria, então escrevi essa receita baseada em outras meias que eu já fiz.

Eis a obra!!



  


 

Parece uma tripa!! hahahaha...

Mas ficou muito linda nela. Essa receita serve bem justinha numa menina pequena de 4anos, com pezinho de 16cm de comprimento.

Vai até o meio da coxa de altura!!

Meia Helena

Usei o fio de bambu que eu tinha comprado da China (pode usar qualquer fio fino do tipo que faz roupinha de bebê) e agulhas 3,5mm de pontas duplas.

O trabalho é feito da ponta até a barra, isto é, de baixo para cima.

Abreviações
V = volta
m = meia
t = tricô
ag = agulha
mj = 2 pontos meia feitos no mesmo ponto de base
tj = 2 pontos tricô feitos no mesmo ponto de base
tft = trança pra frente, sendo feito o ponto da frente em meia e o de trás em tricô
ttt = trança para trás, sendo o ponto de trás em tricô e o da frente em meia
tf = trança pra frente com todos os pontos em meia
tt = trança para trás com todos os pontos em meia
mt = 1 ponto meia torcido, isto é, feito pegando por trás para o ponto ficar saltadinho
TF (maiúsculo) = trança os 4 pontos centrais 2 a dois em meia pela frente




Montei 16 pontos usando a técnica da "Girly Knits" que pode ser visto acessando o link abaixo.

Tutorial de meia Toe-up da Girly Knits.

Na verdade, a parte do calcanhar também fiz usando a técnica que ela ensina nesse vídeo.

O video é em inglês, mas as imagens são bem claras.

Voltando, então, montei os 16 pontos nas agulhas, sendo 8 pontos na agulha 1 e 8 pontos na agulha 2.

Volta 1 - Toda feita em meia da forma que é mostrado no vídeo.
(feita a primeira volta, que é bem chatinha, eu já dividi os pontos da agulha 2 em duas partes iguais ficando na agulha 2 com 4 pontos e na agulha 3 com 4 pontos também.)

Volta 2 - ag1 - 2mj, 6m, 2mj
              ag 2 - 2mj, 3m
              ag 3 - 3m, 2mj

Repete a volta 1 e a volta 2, até ter um total de 36 pontos nas duas agulhas, da seguinte forma, 18 na agulha 1 e 9 nas agulhas 2 e 3.

Essas voltas com os aumentos também pode ser visto no video tutorial acima.

Peito do pé

Terminada a ponta do pé, iniciamos o peito com o desenho.

Na verdade, como é feito em voltas, eu dividi assim, os pontos da agulha 1 são os pontos do peito e os que estão nas agulhas 2 e 3, são da sola do pé, a sequencia a seguir estão apenas os pontos que estão na agulha 1, os pontos nas agulhas 2 e 3, são trabalhados todos APENAS em meia até que seja pedido para fazer o calcanhar, mas enquanto não se pede nada, continua os pontos da sola sendo feitos apenas em meia.

V1 até V5 = *2m, 2t* e termina com 2m

Lembre-se que é apenas para a agulha 1, as duas outras são todos os pontos em meia!!

V6 = 2m, 2t, 2m, 1t, 1tft, 1ttt, 1t, 2m, 2t, 2m
V7 = e todas as voltas ímpares serão executadas seguindo os pontos da volta anterior, isto é, meia sobre meia e tricô sobre tricô.

Portanto vou colocar apenas as voltas pares aqui, ficando entendido que as voltas ímpares serão executadas seguindo sempre os pontos da volta anterior.

V8 = 2m, 2t, 2m, 1tft, 2t, 1ttt, 2m, 2t, 2m
V10 = 2m, 2t, 1m, 1tf, 4t, 1tt, 1m, 2t, 2m
V12 = 2m, 2t, 1tf, 1m, 4t, 1m, 1tt, 2t, 2m
V14 = 2m, 1t, 1tft, (trança trás 2t, 2m), (trança frente 2m, 2t), 1ttt, 1t, 2m
V16 = 2m, 1t, 1mt, 3t, TF, 3t, 1mt, 1t, 2m
V17 = V18 = V19 = todos são feitos seguindo os pontos das voltas anteriores
V20 = 2m, 1t, 1mt, 3t, TF, 3t, 1mt, 1t, 2m
V22 = 2m, 1t, 1ttt, (trança frente 2m, 2t), (trança trás 2t, 2m), 1tft, 1t, 2m 
V24 = 2m, 2t, 1tt, 1m, 4t, 1m, 1tf, 2t, 2m
V26 = 2m, 2t, 1m, 1tt, 4t, 1tf, 1m, 2t, 2m
V28 = 2m, 2t, 2m, 1ttt, 2t, 1tft, 2m, 2t, 2m
V30 = 2m, 2t, 2m, 1t, 1ttt, 1tft, 1t, 2m, 2t, 2m
V31 até V35 = seguem os pontos anteriores (são cinco voltas no total)

Essas voltas do V6 ao V35 serão repetidas mais 2 vezes, sendo a primeira repetição:
V36 = V6
até
V65 = V35

E a segunda
V66 = V6
até
V95 = V35

Continue com o padrão, mas quando terminar a V41, preste atenção, que vai ser dado uma parada na sequência do padrão para fazer o calcanhar nas agulhas 2 e 3.

Termina a volta V41 das 3 agulhas.

Faz o padrão da V42 na agulha 1 e a partir de agora até concluir o calcanhar, serão trabalhados apenas os pontos da agulha 2 e 3.

Nesta V42, os pontos que estão na agulha 2, faça igual, todo em meia, os pontos da agulha 3 você vai fazer o início do que é chamado de "Short row hell", "calcanhar em carreiras encurtadas", no link que está acima, se você for direto para o minuto 11:11, ela ensina nos mínimos detalhes fazer essas carreiras encurtadas. É muito mais fácil ver do que escrever.
Quando ela muda o ponto de agulha e muda o fio de um lado para o outro, perceba que o ponto que volta para a agulha original fica "enrolado".   É isso mesmo, nessa meia que estamos fazendo, depois de feitos os pontos da agulha 2, faça os da agulha 3 até o penúltimo em meia e depois, "enrole" o último ponto da forma que mostra no vídeo, devolva o ponto para a agulha da esquerda e vire o trabalho.

Nessa carreira encurtada, você vai estar no avesso do trabalho com um ponto enrolado de um lado e os outros pontos da sola nas agulhas 3 e 2. Agora vai em tricô até o penúltimo ponto da agulha 2, e enrola o último ponto, devolve o ponto, e vira o trabalho.

Vai repetir esse processo, sempre enrolando um ponto antes do ponto que foi enrolado anteriormente, por exemplo, agora, enrola o penúltimo ponto devolve e vira

E assim até ter enrolado 7 pontos de cada lado.

Termina enrolando o sétimo ponto no avesso e vira o trabalho.

Agora vai desenrolar, chama de Hell Turning, isto é, a outra metade do calcanhar.

Faça 4 pontos em meia, levanta o ponto que está enrolando o ponto seguinte e faz junto em meia, antes de virar, enrole o próximo ponto, devolva e vire o trabalho

Faça em tricô até chegar no primeiro fio enrolado, levante o fio, faça 2 pontos juntos em tricô, enrole o próximo fio e vire.

Nesse ponto vai perceber que terá 2 voltas de fio enrolando cada ponto, dessa vez, desenrola os dois fios e faça os 3 pontos juntos em meia e na outra carreira em tricô, não esquecendo de enrolar o próximo fio antes de virar.

Parece complicado, mas veja o vídeo que é bem mais simples que parece.

Faça até o final e, quando chegar nos últimos pontos enrolados, desenrole e enrole um ponto de cada lado da agulha 1, devolvendo para a agulha 1 e não esquecendo que está enrolado.

Dessa forma não fica buraquinho na lateral do calcanhar.

&&&&&NÃO ESQUEÇA DE DESENROLAR O PRIMEIRO E O ÚLTIMO PONTOS DA AGULHA 1 QUANDO VOLTAR A A TRABALHAR EM VOLTAS!!!! &&&&&&&

A última carreira de desenrolar, é feita em tricô, quando voltar, trabalhe toda a sola em meia.

Você acaba de terminar a V42 completa e já tem seu calcanhar prontinho!!

Continua as voltas, não esquecendo de desenrolar o primeiro e o último pontos da V43.

Quando chegar no V45, termina a parte da sola propriamente dita e os pontos das agulhas 2 e 3 serão trabalhados em barra 2x2 seguindo o padrão da frente.

Se na agulha 1 termina em meia, na agulha 2 começa com 2 tricô e continua, barra 2x2 até o final d agulha 3, terminando em 2 tricô.

Continua seguindo o padrão na frente e fazendo barra 2x2 atrás.

Na V66, comecei a fazer aumentos porque como a mocinha queria meia "bem grandona", tive que ir aumentando aos poucos para servir na coxa dela, então na V66, eu aumentei um ponto em tricô, bem no centro da parte de trás da meia, então ao invés de 2t, fica 3t de agora em diante.

Na V71 fiz outros dois aumentos na parte de trás, ficando assim nas agulhas 2 e 3:
2t, 2m, 3t, 2m, 3t, 2m, 3t, 2m, 2t.

Na V81 fiz mais dois aumentos na parte de trás, que ficou assim:
3t, 2m, 3t, 2m, 3t, 2m, 3t, 2m, 3t.

Na V83, fiz 2 aumentos nos conjuntos de tricô na agulha 1, ficando assim:
2m, 2tj, ...(continua a seguir os pontos)..., 2tj, 2m

Na V89 fiz mais dois aumentos nos conjuntos em tricô da seguinte forma:
2m, 3t, 2m, 2tj, ...(continua a seguir os pontos)..., 2tj, 2m, 3t, 2m

Segue até terminar a V95. Se quiser, pode parar por aqui, fazendo mais umas voltas em barra 2x2 e arrematar, mas eu, como fui fazendo e fazendo, acabei repetindo mais uma vez o padrão, tomando cuidado para adapta-lo pois agora, os conjuntos em tricô estão com 3 pontos e não mais com 2.

Quando terminei a V132, eu concluí mais uma repetição do padrão. Ao longo dessas carreiras eu fui distribuindo, mais alguns aumentos e no final eu estava trabalhando com barra 3x3.

Sinceramente, não contei muito as voltas que eu fiz os aumentos nos pontos meia, mas para não alterar muito o padrão da trança, os aumentos na frente eu só fiz quando estava terminando o desenho.

Subi essa meia até a volta 182 e arrematei usando a técnica do arremate super elástico da Jeny. Está bem explicadinho nesse outro vídeo abaixo:


Espero que esteja clara a explicação.

Divirtam-se!!









Postagens mais visitadas deste blog

Adaptação da Pantufa da Yuko Nakamura

Gorro em Gomos Transversais

CC Beanie com Gorro Fácil Colors