Literatura infanto-juvenil - Thiago Fernandes , Sérgio Klein , entre outros

Eu disse que iria falar dos livros do Thiago Fernandes, mas antes vou contar mais uma coisa. Para ser bem sincera, as sessões de leitura começaram bem antes, quendo eram beeemm pequenos e líamos livrinhos de estorinhas curtas daqueles que se encontram até em lojas de R$1,99. Estórias resumidas e de fácil assimilação. Depois passamos para outras estórias  livros muito legais que contam várias estórias curtas.

"Uma História por Dia", este livro tem 365 histórias, datadas, para cada dia uma história diferentes, desde lendas, fábulas, histórias bíblicas. O legal é que você procura as estórias pela data. Em casa virou brincadeira: Qual é a estória no dia do aniversário da mãe? ... No Natal? ... Na Páscoa deste ano? ... e assim foi. Hoje, a minha caçuka vive sumindo com este livro. Ela está lendo sozinha e eu descubro o livro nos lugares mais improváveis: cozinha, embaixo do travesseiro, perto da casinha da Rhuna (nossa cadela), enfim, em qualquer lugar que ela vá, acaba esquecendo o livro lá.

"O Gênio e as Rosas e Outros Contos",são estórias um pouco mais longas, mas tem a presença da turminha da Mônica e todas as estórias tem fundo moral. São estórias inspiradas e de uma beleza gráfica e moral impressionantes.

"As Melhores Fábulas - 1", este livro eu ganhei do meu irmão. São de fábulas bem conhecidas, a Formiga e a Cigarra, O Leão e o Rato, a Lebre e a Tartaruga, entre outras, mas o que torna este livro estimulante são as figuras. Muitas figuras e bem coloridas. As fábulas são mais longas, mas mesmo assim conseguia manter a turma interessada. A pequena continua sumindo com este também.
 
Estes três do Sérgio Klein eu comprei para o meu filho, em 2005. O grande herói das histórias é um garoto chamado Biel (meu filho é Gabriel, coincidência?! Não!!). São três livros que contam o dia a dia de crianças normais, "pero no mucho" , mas que facilmente fal com que as crianças que estão lendo se identifiquem com um ou outro personagem. Muita fantasia, imaginação e correria, sorrisos, choradeira, brigas e amizades, tudo o que criaturas nesta fase da vida estão vivenciando ou, deveriam estar. Estes livros, eu e o Gabriel (meu mais velho) lemos para as meninas em dupla. Cada um lia um capítulo.


Enfim cheguei no Thiago Fernandes. Então depois de ler muito para eles, em 2008, portanto, estando as crianças com 10, 8 e 6 anos eu comprei o primeiro livro do Thiago Fernandes. Neste intervalo, de 2005 a 2008, lemos Pequeno Príncipe, muita revistinha, Marley e Eu, mais revistinhas, As Aventuras de Sherlock Holmes, vários livros que eram meus quando criança (vai tempo nisso... ) da Coleção Vagalume.
Quando comprei os livros do Thiago Fernandes, as crianças já haviam adquirido o hábito de estar sempre lendo alguma coisa, estes livros foram, na minha opinião uma porta que acabou abrindo com mais vontade caminha para outras aventuras. São no total 4 livros e são histórias que têm sequencia. Contam aventuras de 5 amigos (neste tem uma Elô, minha do meio é Heloísa, coincidência...) que estão sempre às voltas com fantasmas e monstros e coisas sobrenaturais. Detalhe, são todos crianças (tcharam!!) e sempre resolvem os mistérios e salvam a cidade deles de alguma coisa muito má. Fala a verdade, que criança não quer ser o grande salvador da pátria?? Esta coleção, nós lemos em três vozes, cada capítulo era um que lia (eu, o Ga e a Helo), a Be inda não esntrava no rodízio, mas ouvia com muita atenção e fazia comentários, o que deixava os irmãos loucos da vida... Mas, são ossos do ofício...

Então, desde esta coleção da Turma 5, eles tomaram gosto por livros de coleções, onde as estórias tem relação, ou continuação.
Na próxima postagem vou falar das outras coleções que as crianças se interessaram.


Postagens mais visitadas deste blog

Adaptação da Pantufa da Yuko Nakamura

Gola Azul Metálica